fbpx
PUBLICIDADE

Servidores rejeitam reajuste de 2% e aprovam paralisação e protesto em abril

Assembleia no Stap
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Categoria cobra reposição da inflação e reajuste real de 1% para todos

Em assembleia realizada na quarta-feira (27), os servidores públicos municipais rejeitaram a contraproposta de 2% no reajuste dos salários feita pelo prefeito Guti (PSD) e aprovaram uma paralisação e um protesto em frente à Câmara Municipal de Guarulhos, no Centro, a partir das 13h.

A decisão dos trabalhadores foi tomada na assembleia realizada sede do Stap (Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal), no Centro.

“O ato na Câmara é estratégico, pois é lá que o Projeto de Lei da Campanha Salarial será aprovado ou não. Precisamos pressionar os vereadores para que rejeitem essa proposta indecente”, afirmou Pedro Zanotti, presidente do Stap.

O sindicato afirma que entrará com ação judicial para que seja cumprida uma promessa do prefeito para que se cumpra um acordo, feito em 2023, no qual o governo se compromete a repor a inflação e conceder mais 1% de reajuste real aos trabalhadores.

A concentração da manifestação começa a partir das 13h, na Câmara Municipal de Guarulhos, à Avenida Guarulhos, 845, Ponte Grande. A sessão ordinária começa às 14h.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM