fbpx
Campanha Governo do Estado Doação de Órgãos
PUBLICIDADE

Separadas na maternidade, gêmeas se reencontram em Guarulhos após 53 anos

Foto: Reprodução/A Tribuna
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Miriam Ramos e Clênia Maria Coelho nasceram em Santos

Um abraço que demorou 53 anos e que nenhuma pandemia poderia evitar. Assim pode se explicar a emoção de Miriam Ramos e Clênia Maria Coelho, gêmeas, que não se conheciam, e se reencontraram nesta semana na casa da mãe biológica, Isabel Batista dos Santos, em Guarulhos. O caso ganhou repercussão no G1.

Miriam e Clênia nasceram na maternidade da Santa Casa, em Santos, em 1967. Na ocasião, as duas foram adotadas por famílias diferentes. Miriam descobriu que tinha uma irmã gêmea em 2015. Daí, começou uma busca incessante. Em novembro, conseguiu conhecer sua mãe biológica. Agora, encontrou Clênia, que não sabia que era adotada, nem que tinha uma irmã gêmea.

Ao G1, Miriam falou da emoção de encontrar a irmão. “Senti como se eu estivesse olhando para mim mesma, para uma parte de mim. E, nos olhos dela, eu senti muito amor. Faltava um pedacinho [na minha vida], e era aquele pedacinho que estava lá.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM