PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Quarentena no Estado de São Paulo pode ser prorrogada

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Os comércios não essenciais, que estão proibidos de reabrirem até 7 de abril por conta da quarentena estadual, podem ficar fechados por um prazo ainda maior. Em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (1º), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), revelou que a decisão sobre a prorrogação da quarentena será anunciada no dia 6 de abril.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com Doria, o Comitê de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo avalia, diariamente, o avanço do coronavírus. “Em relação à continuidade ou não (da quarentena), apenas no dia 6 é que daremos essa informação”, afirmou o governador.

No território paulista há 2.339 casos confirmados de coronavírus, sendo 136 mortes. A Secretaria de Estado de Saúde monitora 136 pacientes internados em UTI e outros 256 em enfermarias, nas redes pública e privada de saúde.

Em Guarulhos, o prefeito Guti (PSB) definiu a suspensão dos alvarás dos comércios não essenciais até 22 de abril. A cidade tem quatro óbitos confirmados do covid-19.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE