PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Primeira sessão virtual da Câmara registra muitos problemas

Foto: Reprodução/Youtube
Compartilhe

PUBLICIDADE

Nesta terça-feira (14), a Câmara Municipal realizou sua primeira sessão virtual da história, por conta da pandemia do novo coronavírus. Os vereadores guarulhenses demonstraram grande dificuldade para se comunicar e tocar os trabalhos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Alguns vereadores não conseguiram mostrar seus rostos. Outros tiveram dificuldade em ligar ou desligar o microfone – expondo conversas alheias ao que estava sendo discutido na sessão. O sinal de internet não era satisfatório para todos.

No plenário da Câmara estavam apenas o presidente do Legislativo, Professor Jesus (Republicanos), o líder de Governo, Eduardo Carneiro (Cidadania), e o vereador Rafa Zampronio (PSDB). Os demais estavam em suas residências ou escritórios.

A vereadora Janeta Pietá (PT) relatou que não conseguiu utilizar a ferramente de votação digital. Professor Jesus decidiu ouvir os votos de cada vereador para certificar que não haveria erro na computação dos votos.

Os vereadores aprovaram a deliberação do projeto de lei que garante o direito da Prefeitura utilizar recursos dos fundos municipais para combater o novo coronavírus. O texto deve ser votado, de forma definitiva, na próxima quinta-feira (16).

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE