fbpx
PUBLICIDADE

PRF apreende 3,8 toneladas de maconha em MS que seria entregue em Guarulhos

Foto: Divulgação/PRF
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Motorista afirma ter recebido R$ 5 mil para transportar a droga; três pessoas foram presas

Os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Civil apreenderam 3,8 toneladas de maconha e 35 Kg de pasta base de cocaína, após duas ações da Operação Unitatem (União em Latim), em Campo Grande (MS). Três suspeitos foram presos.

A primeira ação foi na noite de terça-feira (26), quando um caminhão baú foi abordado pelos policiais. O motorista, de 40 anos, demonstrou nervosismo, levantando suspeitas dos policiais. Após vistoria no caminhão, as equipes encontraram vários fardos de maconha, totalizando 3.843 Kg da droga. O motorista contou à polícia que recebeu R$ 5 mil para transportar as drogas que seriam levadas para Guarulhos.

Com as informações e resultados das ações realizadas em fevereiro de 2022, também da Operação Unitatem, quando foram apreendidas mais de 5 toneladas de maconha e sete pessoas presas em Campo Grande, os policiais rodoviários federais e policiais civis da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) realizaram buscas na região metropolitana e encontraram um homem de 26 anos que é sobrinho de um dos presos da primeira fase da operação, que tem em seu nome alguns dos veículos apreendidos naquela ocasião e que estaria envolvido no transporte das 3,8 toneladas de maconha. 

Na segunda ação conjunta, os policiais abordaram um caminhão, na madrugada desta quinta-feira (28), também em Campo Grande. O condutor, de 64 anos, disse ter carregado ferro-gusa (liga de ferro) em Corumbá (MS) e viajaria para Mogi das Cruzes (SP). 

Desconfiadas do nervosismo apresentado pelo envolvido, as equipes realizaram uma busca minuciosa no caminhão até encontrar um compartimento oculto no catalisador do caminhão. Dentro dele estavam escondidos 35 kg de pasta base de cocaína.

O motorista confessou, segundo a PRF, ter recebido a droga em Corumbá (MS) e deveria levá-la até Bauru (SP). Pelo serviço, disse que receberia R$ 10.000,00.

Os três presos, os veículos e as drogas apreendidas foram encaminhados para a Denar em Campo Grande (MS). 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM