fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Prefeitura paga gratificação de mérito a 7,3 mil servidores da rede municipal de ensino

Pagamento de gratificação a professores
Foto: Eduardo Calabria/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Benefícios deixaram de ser pagos em 2016

A fim de atender a um pedido antigo da categoria, na tarde desta quarta-feira (20) o prefeito Guti (PSD) anunciou o pagamento da gratificação de mérito aos profissionais do quadro de apoio da rede municipal. Cerca de 1.300 pessoas receberão o benefício, além dos mais de 6 mil professores do quadro do magistério.

Aprovada pela Câmara Municipal em maio deste ano, a lei 1416/2023 estende a gratificação de mérito prevista no artigo 31-C da lei 6.058/2005 a assistentes de gestão escolar, agentes escolares, auxiliares de cozinha III, cozinheiros e monitores de Emei III efetivos da rede municipal de educação.

Para Guti, a ampliação da gratificação de mérito ao quadro de apoio é uma grande conquista da categoria.

“Para mim todo profissional que está dentro da escola também educa. Seja cozinheiro, agente de portaria, assistente de gestão. O ambiente escolar é um organismo vivo, uma espécie de engrenagem que vai se encaixando e moldando o cidadão do futuro. Quando eu falo que todos fazem a diferença dentro de uma escola é porque é real. O quadro de apoio está totalmente inserido nos espaços educacionais, sendo parte fundamental para o bom atendimento e contribuição para o desenvolvimento dos alunos”, disse o prefeito.

A gratificação de mérito e outros benefícios deixaram de ser pagos nos anos 2015 e 2016, gerando um passivo superior a R$ 36 milhões. Logo no seu primeiro ano de mandato, Guti colocou as pendências em dia, assumiu os compromissos de valorizar cada vez mais os professores da rede e de dar atenção especial a temas como equiparação salarial, extensão de jornada, gratificação de mérito e evolução funcional.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM