PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Prefeitura monitora 91 áreas de risco em Guarulhos

Foto: Divulgação/PMG
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Ações preventivas são realizadas antes da temporada de chuvas

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) reforçou nas últimas semanas as vistorias dos 91 pontos de risco ambiental ou estrutural mapeados de Guarulhos. Os trabalhos têm a finalidade de identificar as ações de zeladoria necessárias para prevenir ocorrências graves durante a temporada anual de chuvas fortes, que se inicia em novembro e termina em março.


As localidades mapeadas são rios, córregos, riachos, leitos d’água, ribeirões, valas de drenagem, morros e inclinações de terra. O coordenador da Defesa Civil, Waldir Pires, enaltece a importância da preparação da cidade para receber o verão. “Não paramos as vistorias nunca, buscamos todos os dias orientar a comunidade e prevenir acidentes. Nossa missão é preservar a vida dos guarulhenses”.

Durante as inspeções desses locais são montados relatórios com as soluções preventivas a serem executadas pelos órgãos da Prefeitura de Guarulhos, como desassoreamento de córregos, limpeza de locais de descarte irregular, roçagem de mato, cobertura de taludes com mantas impermeáveis que dificultam possíveis deslizamentos, notificação de ocupações ilegais, podas e retiradas de árvores, entre outras.

“O objetivo é a desobstrução dos caminhos para que durante temporais as águas escoem rapidamente. Com isso, são evitados os alagamentos e as enchentes”, esclarece Pires.

Além das áreas de risco, os agentes percorrem todos os bairros de Guarulhos a fim de analisar se outros perigos foram gerados. Caso os munícipes queiram sugerir um local específico a ser vistoriado, podem comunicar por meio do telefone 199.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM