PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Prefeitura e MTST fazem acordo para suspender reintegração no Ponte Alta

Foto: Divulgação/MTST
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Em reunião realizada nesta sexta-feira, 20, no Paço Municipal, a Prefeitura de Guarulhos concordou com a solicitação feita pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e decidiu suspender a reintegração de posse em uma ocupação no bairro Ponte Alta.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com Zelidio Barbosa Lima, coordenador estadual do MTST, a Prefeitura se compromete a não realizar integrações e o movimento a tomar conta das pessoas espalhadas pelas ocupações realizadas no Hugo Chaves, Pimentas, outra próximo ao aeroporto e a do Ponte Alta.

“Além do processos em comunidades que fizemos um congelamento junto ao Ministério Público, nós fizemos este acordo para superar este período complicado que estamos vivendo. Neste momento não há nenhuma pessoa infectada em nosso movimento”, explicou Barbosa.

Para Zelidio, um dos principais problemas no momento é a falta de alimento para as pessoas da ocupação, problema que ele espera que seja resolvido junto ao pode público e com a solidariedade da população.

“Se falta tanto no álcool em gel, mas tem pessoas com a gente que não tem sequer água”, explicou Zelidio. Para evitar a contaminação, o coordenador do MTST afirmou ter suspendido as atividades, mas que se parar de atender a população muitos “vão morrer de fome”.

Em nota, a Prefeitura de Guarulhos informou que a decisão de suspender a reintegração de posse é temporária.

De acordo com a Secretaria de Justiça, a Prefeitura “não pode admitir ocupações de áreas públicas e irá tomar as providências necessárias assim que a pandemia do coronavírus estiver sob controle”.

A solução para o problema, segundo o governo, é empenhar esforços no sentido de criar loteamentos sociais, com infraestrutura, fornecendo plantas e auxílio técnico, por intermédio da Secretaria de Habitação.


PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE