fbpx
PUBLICIDADE

Preço do arroz acima de R$ 20 assusta consumidores em Guarulhos

arroz
Foto: unsplash
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

De acordo com a Abiarroz, pandemia, alta do dólar e falta de opções de frete encareceram o preço do produto

Tradicional nos lares das famílias brasileiras, o arroz se tornou um dos alimentos mais caros nos últimos meses. De acordo com consumidores que procuraram o GRU Diário, é praticamente impossível encontrar um saco de 5kg com preço abaixo de R$ 20 na cidade.

No Carrefour da Avenida Paulo Faccini, no Centro, o preço médio do produto é de R$ 22. Já a leitora Beatriz Santos, reclama do preço no mercado Nagumo, no Pimentas, de R$ 21,98. Antes da pandemia, o produto custava, em média, R$ 15.

De acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, campus da Universidade de São Paulo, o valor da saca de 50 kg no final de julho era de R$ 66,92. No começo deste mês, o mesmo produto tem custo médio de R$ 102,93.

De acordo com comunicado da Associação Brasileira da Indústria do Arroz, a elevação no preço decorre da pandemia do coronavírus, da alta do dólar e da falta de carreteiros para fazer o transporte do alimento.

“Acrescente-se ao aumento da demanda internacional, a elevação do câmbio que, além de tornar atrativas as exportações de arroz em casca brasileiro, praticamente inviabilizou as importações do produto dos parceiros do Mercosul”, diz parte do comunicado da Abiarroz.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM