fbpx
PUBLICIDADE

Policiais federais são presos sob suspeita de contrabando de ouro no aeroporto

ouro receita federal
Foto: Receita Federal/Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Investigação da própria PF aponta que “centenas de quilos de ouro” teriam sido transportados ilegalmente entre 2018 e 2022

Dois agentes da Polícia Federal foram presos cautelarmente, na última sexta-feira (1º), sob suspeita de envolvimento de contrabando de ouro pelo Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, onde ambos estavam lotados.

Segundo investigação da própria PF, entre 2018 e 2022, um grupo organizado de pessoas teria transportado ilegalmente centenas de quilos de ouro para o exterior a partir de voos internacionais comerciais que partiram do Estado de São Paulo.

Foi deflagrada então a operação Ládon, com o intuito de apurar crimes de organização criminosa, usurpação de bens da União, evasão de divisas, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Os dois policiais em questão são acusados de facilitar o contrabando e entregar grandes quantias de ouro, provenientes do garimpo ilegal, para mulas que fariam o transporte do metal precioso.

A reportagem não conseguiu localizar a defesa dos acusados, mas o espaço segue aberto para manifestação.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM