fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Polícia detém adolescente em caso de morte de flautista das Orquestras de Guarulhos

Jônatas Monteiro de Oliveira Silva, flautista
Foto: Divulgação/Sala São Paulo
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Investigação aponta que Jônatas Monteiro de Oliveira Silva foi vítima de latrocínio

Nesta sexta-feira (4), a Polícia Civil aprendeu o adolescente de 17 anos que dirigia o carro onde foi encontrado o corpo do flautista Jônatas Monteiro de Oliveira Silva, 28 anos, na Rua Conselheiro Ramalho, no Centro de São Paulo, em 2 de julho. Ele atuava na Orquestra Jovem de Guarulhos e na GRU Sinfônica.

O adolescente tinha prestado depoimento em 6 de julho no DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa) e se manteve em silêncio.

A Polícia investiga o caso como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. Imagens mostram o jovem abordando Jônatas e depois o arrastando com o carro. O flautista teve lesões no crânio e ao longo do corpo. Ele morava em São Bernardo do Campo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM