fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Polícia detém 21 pessoas e recupera 170 celulares na Parada do Orgulho LGBT+

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

O evento contou com reforço de policiais civis e militares

O trabalho integrado das forças de segurança resultou na prisão de 21 pessoas pelos crimes de furto, roubo, receptação, lesão corporal, resistência e desobediência e na recuperação de 170 celulares na 26ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, que aconteceu neste domingo (19), na Avenida Paulista. 

O policiamento do evento foi reforçado com mais 2 mil policiais militares e contou com o apoio de 254 viaturas, que foram distribuídas por locais de grande concentração próximos ao evento, como as ruas da Consolação e na Praça Roosevelt, onde aconteceu a dispersão dos participantes. 

A Policia Civil de São Paulo, por meio da 1ª Delegacia Seccional de Polícia (Centro) e de suas unidades especializadas, também participou do evento. Os policiais realizaram neste domingo a Operação Dionísio, com o objetivo de reprimir crimes contra o patrimônio, especialmente de furtos, de roubos e de delitos de intolerância.

Os presos e os celulares foram encaminhados às delegacias da área. As vítimas que tiveram celulares roubados ou furtados podem procurar a 3ª Distrito Policial, localizada na Rua Aurora, 327, portando documento de identificação e documento que comprove a posse do aparelho.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM