PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PF prende quatro passageiras com drogas nas bagagens no aeroporto

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: PF

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Sola do sapato foi um dos locais em que elas escondiam entorpecentes

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, prendeu no sábado (5) e domingo (6), quatro passageiras de voos internacionais com drogas ocultas em edredons, pacotes de farináceos, bombons e solas de sapatos.

Policiais prenderam em ações distintas, realizadas junto aos balcões de check-in e porão de bagagens despachadas, quatro passageiras tentando embarcar em voos para Addis Ababa, na Etiópia e Istambul, na Turquia.

Na primeira ação, ocorrida na madrugada do sábado, junto aos balcões de check-in de voo para Doha, no Catar, uma brasileira, de 24 anos, que aparentava muito nervosismo, foi entrevistada e teve as bagagens revistadas. Os policiais encontraram dentro de edredons, pequenos pacotes contendo pó branco, cujo resultado dos exames periciais deram positivo para cocaína, somando 3 Kg. A suspeita informou que seu destino final era Istambul, na Turquia.

Momentos após esta prisão, também junto aos balcões de check-in, mas cujo destino era Addis Ababa, na Etiópia, uma venezuelana, de 33 anos, foi entrevistada e presa após os policiais encontrarem mais de 4 Kg de cocaína dentro de embalagens de farináceos.

Já na madrugada do domingo, os policiais encontraram quase 2 Kg de cocaína ocultos dentro de bombons. A substância ilícita era transportada por uma brasileira, de 30 anos, que foi entrevistada e detida pelos policiais junto aos balcões de check-in. A suspeita pretendia levar a droga para Istambul, na Turquia.

Em outra ação, neste mesmo dia, realizada pelos policiais que fiscalizavam as bagagens despachadas com o auxílio do raio-x, foram apreendidos 3 Kg de cocaína ocultos em solas de sapatos. Presa, a proprietária da mala, uma mulher nacional da Namíbia, de 29 anos, pretendia levar a carga ilícita para a Etiópia.

As presas serão encaminhadas à Justiça Federal onde responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE