fbpx
PUBLICIDADE

Palmeiras vence o Santos e conquista o Campeonato Paulista feminino após 21 anos

Palmeiras campeão paulista feminino
Foto: Léo Sguaçabia/Ag Palmeiras/Centauro
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Palestrinas já tinham vencido a Libertadores neste ano

Com direito a um golaço de Bia Zaneratto, o Palmeiras conquistou o título do Paulistão Feminino. No Allianz Parque, na tarde desta quarta-feira (21), as palestrinas saíram campeãs ao superarem o Santos por 2 a 1. É o segundo título da história do clube, o primeira havia sido em 2001. Ary Borges marcou o segundo gol palmeirense, enquanto Ketlen diminuiu o marcador para o Santos.

O título veio com o placar agregado de 3 a 1, já que no jogo de ida, o Palmeiras venceu o Santos por 1 a 0, com gol de Patrícia Sochor, aos 48 minutos do segundo tempo, em Santo André.

A conquista aconteceu diante de um público recorde para o futebol feminino do Palmeiras. 20.071 torcedores acompanharam o bicampeonato palmeirense no Allianz Parque, em São Paulo. O Verdão já tinha vencido a Libertadores feminina, em outubro, no Equador.

O jogo

Quando a bola rolou, o Palmeiras teve a primeira chance logo aos 30 segundos de jogo, com Bia Zaneratto, que cruzou para Júlia Bianchi mandar para as redes, porém foi assinalado impedimento. Mesmo com a vantagem de 1 a 0 no jogo da ida, o Palmeiras seguia impondo seu ritmo e figurando as melhores chances no ataque. Bruna Calderan, acertou a rede pelo lado de fora e Zaneratto viu seu chute sair rente à trave esquerda.

Após pressão inicial das mandantes, o Santos começou a se encontrar na partida. Giovanna Fernandes aproveitou o rebote, mas parou na grande defesa de Amanda. Depois foi a vez do Santos ter dois gols anulados. Primeiro, após cruzamento na área, Cristiane finalizou no travessão, na sobra Brena chegou a balançar as redes, mas a atacante santista estava adiantada. Depois, Cristiane foi lançada, saiu cara a cara com Amanda e com tranquilidade finalizou e novamente a bandeira da Copa do Mundo, Neuza Inês Back, apontou impedimento da atacante.

Precisando do resultado, o Santos retornou para o segundo tempo disposto a marcar. Em cobrança de escanteio, Giovanna Oliveira cabeceou por cima do gol. Porém, foi Bia Zaneratto que balançou as redes com um golaço, aos 21 minutos. A atacante recebeu o lançamento, contou com a falha de Giovanna Oliveira e avançou em velocidade. Ao entrar na área, Zaneratto deu uma caneta na zagueira Thayla, driblou a goleira Camila e finalizou para abrir o placar.

O gol desestabilizou o time do Santos, que não conseguia mais trocar passes e frequentar a área palmeirense. Com espaço, o Palmeiras ampliou com Ary Borges, aos 31. A volante recebeu em profundidade, invadiu a área e finalizou para a defesa de Camila. A bola rebateu em Thaysa que vinha logo atrás e sobrou para Ary, que com o gol livre, apenas empurrou para as redes.

O Santos precisava virar a partida para forçar as penalidades, já que o empate dava o título ao Palmeiras. Aos 37 minutos, Ketlen diminuiu o prejuízo do Santos. Após cruzamento, a atacante cabeceou no canto direito, sem chances para Amanda. O Palmeiras quase aumentou ainda mais sua vantagem, mas o chute de Duda Santos parou no travessão. O que não fez falta, e o Palmeiras se sagrou bicampeão paulista após 21 anos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM