fbpx
PUBLICIDADE

Pai de atacante guarulhense morre em decorrência da Covid-19

Foto Lucas Uebel - Grêmio
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

“Jamais esquecerei de você, meu truta, meu amigo, meu pai”, escreveu o jogador

Na manhã desta terça-feira, 30, o pai do atacante Ricardinho, que atualmente está no Grêmio, mas que tem passagem pelo Flamengo de Guarulhos, faleceu vítima da Covid-19. Segundo o UOL, Ricardo estava internado em UTI de hospital em Guarulhos há cerca de uma semana e, mesmo sem ser intubado, havia apresentado melhoras nos últimos dias.

O clube guarulhense usou as redes sociais para se manifestar sobre o assunto: “A Associação Atlética Flamengo Guarulhos lamenta profundamente o falecimento do senhor Ricardo Viana, pai do ex-jogador do clube Ricardinho, em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Nossas condolências à família e amigos nesse momento tão difícil”, diz a nota do Corvo.

Ricardinho está chamando a atenção no Grêmio, clube no qual inicia seus passos no futebol profissional. Como sinal de respeito e carinho com o pai, Ricardo, que era policial militar lotado no 30º Batalhão do Choque da Polícia Militar de São Paulo, o atacante comemora seus gols com uma continência.

O jogador, que tem apenas 19 anos, anotou, até agora, seu quarto gol na temporada, isolando-se como artilheiro gremista da temporada. Pelo Instagram, Ricardinho agradeceu o período em que o pai esteve presente em sua vida. “Obrigado por tudo, meu guerreiro. Vai fazer muita falta aqui comigo, jamais esquecerei de você, meu truta, meu amigo, meu pai. Te amo pra sempre”, escreveu.

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM