fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Operação da PF de combate à pornografia mira pedófilo em Guarulhos

Foto: Divulgação/PF
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (29), a Operação Harpócrates que mira suspeitos de pornografia infantil, incluindo um guarulhense. Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em residências, sendo um no município e quatro na região metropolitana de São Paulo.

Segundo a PF, a investigação teve origem por meio de relatórios de inteligência do Sercopi (Serviço de Repressão aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet da Polícia Federal), com análise do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (NCMEC), que identificaram indícios dos crimes de posse e compartilhamento de material com conteúdo pornográfico infantojuvenil na internet. Na ocasião ocorreu a prisão em flagrante de um suspeito que possuía material de pornografia infantil em seu celular e notebook.

Em outros casos houve apreensões de equipamentos eletrônicos que serão analisados mais detalhadamente por peritos técnico. Os suspeitos podem responder pelo crime de posse de pornografia infantil.

“E caso haja confirmação de que as imagens ilícitas tenham sido divulgadas na internet, o sujeito responderá por conduta mais gravosa, a de divulgação de pornografia infantojuvenil, crime apenado com até seis anos de reclusão”, reforça a PF.

O nome da Operação Harpócrates é o nome do deus do silêncio, do segredo e da confidencialidade, na mitologia grega. Tem relação com confiança e segredo entre o abusador e a criança abusada.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM