fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Operação da GCM impede campeonato de pipas na Transguarulhense e apreende cerol

Foto: Divulgação/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Linhas revestidas com cerol e linhas chilenas são proibidas

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos fez uma operação no último sábado (22) de conscientização e combate ao uso ilegal de linhas cortantes no Parque Transguarulhense. A ação, coordenada para impedir que um campeonato de pipas não autorizado ocorresse, apreendeu vários baldes contendo cerol, composto de vidro moído e cola, e linhas chilenas, um material produzido com pó de quartzo e óxido de alumínio, que foram abandonados pelos pipeiros.

Esses produtos são proibidos e muito usados no mês de julho, quando as escolas estão de férias e as crianças saem para empinar pipas.

“Nesse período são intensificados os patrulhamentos em áreas que registram maior recorrência da brincadeira e a GCM orienta pais e responsáveis para que conversem com os seus filhos quanto aos riscos e às proibições do uso do produto”, alerta a GCM.

Operação da GCM impede campeonato de pipas na Transguarulhense e apreende cerol
Materiais apreendidos durante a operação da GCM de Guarulhos (Foto: Divulgação/PMG)

Linhas revestidas com cerol e chilena são altamente perigosas para pedestres, motociclistas e aves, podendo levar a óbito. Por essa razão a lei estadual 17.201/2019 determina a proibição de uso, posse, fabricação e comercialização dos produtos. Em Guarulhos, a lei 7.302/2014 define que os comerciantes das substâncias e seus usuários podem pagar multa de até 1,4 mil reais.

Aves feridas

Na última semana, duas corujas-orelhudas foram socorridas pela GCM Ambiental com ferimentos profundos nas asas feitos por linhas de pipa com materiais cortantes. Uma delas estava envolta por linha chilena em uma mata no Jardim Cumbica e a outra foi encontrada por um cidadão na Vila São João Batista, que levou aos agentes o animal ferido por cerol.

As corujas foram encaminhadas ao Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres, em São Paulo, onde estão sob os cuidados de uma equipe veterinária especializada.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM