fbpx
PUBLICIDADE

Obras na via Dutra e Trevo de Bonsucesso podem ser entregues ainda em março

Foto: Fabio Nunes Teixeira/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Até o final de abril as pistas já devem estar liberadas, afirma o prefeito Guti

O prefeito Guti (PSD), vistoriou na manhã desta quinta-feira (14) os canteiros de obras de responsabilidade da concessionária CCR RioSP ao longo do município da rodovia Presidente Dutra. Alguns trechos das novas marginais na região do Trevo de Bonsucesso deverão começar a ser entregues ainda em março.

“Vamos começar a liberar alguns acessos ainda em março, mas até o final de abril as pistas já devem estar liberadas”, afirmou a presidente da concessionária, Carla Fornasaro.

Guti lembrou os problemas que herdou da gestão anterior, que entregou as obras do Trevo de Bonsucesso paralisadas, com menos de 40% concluídas, que não resolvia os problemas de trânsito na região.

“O governo anterior não realizou as desapropriações necessárias para o prosseguimento da obra e também não se preocupou em preparar uma saída para a Dutra no sentido São Paulo”, lembrou.

O prefeito disse ainda que a parte que cabia à Prefeitura foi finalizada no final do primeiro mandato, mas que a ausência das pistas marginais da Dutra inviabilizou a liberação de parte do complexo. “Temos um dos viadutos concluídos, mas sem as marginais ele não pode ser utilizado”, completou.

Guti interveio junto ao então ministro da Infraestrutura do governo Bolsonaro, o atual governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), para que as obras das marginais fossem incluídas na nova concessão da Dutra, que estava sendo formulada.

“A nova concessão, assinada em 2022, previa que as obras naquele trecho só seriam realizadas no quinto ano, ou seja, em 2027. Porém, conseguimos adiantar para que elas tivessem início em 2023 com conclusão prevista para o primeiro semestre de 2024”, explicou.

Parte da pavimentação já foi concluída, restando alguns serviços de terraplanagem e acessos na altura do posto Sakamoto. Com a liberação da pista marginal no sentido São Paulo será possível que o complexo viário do Trevo tenha uma saída para os veículos que deixam a região de Bonsucesso. No sentido contrário também haverá um acesso direto da pista marginal para a avenida Juscelino Kubitschek, rumo aos bairros da região do Pimentas.

Jacu-Pêssego

Guti visitou também mais dois canteiros da CCR RioSP em Guarulhos. No novo trevo da avenida Jacu-Pêssego o prefeito pôde verificar o avanço na abertura das novas pistas. Toda a parte sob a rodovia já foi aberta e as rotatórias e acessos estão sendo concluídos. A parte que cabe ao município, entre a Dutra e a avenida Papa João Paulo I, está pronta, aguardando apenas a última camada de asfalto.

A abertura da via permitirá um novo retorno na Dutra, na altura de Cumbica e do Jardim Presidente Dutra, oferecendo uma nova opção aos motoristas que trafegam nos dois sentidos da rodovia, assim como facilitará o acesso direto aos bairros da região. Segundo a concessionária, a liberação deste complexo deve ocorrer até o final de abril.

No entroncamento da Dutra com a Fernão Dias, a diretoria da CCR RioSP mostrou como estão as obras de construção de três viadutos que permitirão a ligação direta das pistas expressas das duas rodovias.

“É mais uma frente de obras de infraestrutura aqui em Guarulhos que irá melhorar o trânsito tanto para quem vive na cidade como para quem passa pela Dutra”, afirmou Guti.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM