PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

“O modelo do Bilhete Único em Guarulhos está errado”, diz Barreto em entrevista

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Eduardo Barreto
Foto: reprodução/Facebook/GRU Diário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Candidato a prefeito ressaltou que é preciso também cortar cargos comissionados e aumentar o efetivo da GCM

Em entrevista ao portal GRU Diário no dia 23 de setembro, o candidato a prefeito Eduardo Barreto (PROS), criticou o atual modelo do Bilhete Único em Guarulhos e não poupou críticas ao transporte estadual e municipal.

Além de terminais em pontas não estratégicos, Barreto disse que o modelo implantado pelo ex-prefeito Sebastião Almeida (à época no PT) e só favorece as empresas.

“Na cidade de Guarulhos nós temos pouco mais de 800 ônibus municipais, sendo que em Campinas, que é uma cidade que eu gosto de fazer um comparativo porque os números são muito parecidos com Guarulhos, nós temos quase 1,2 mil ônibus municipais, para transportar quase o mesmo número de passageiros da cidade de Guarulhos.  Quem ganha com isso são as empresas de ônibus. Quem sofre com isso são os usuários e ninguém te coragem de falar que o bilheto único na nossa cidade está com o modelo errado”, disse o candidato.

Barreto também é o autor de uma denúncia formalizada contra a EMTU sobre as más condições dos ônibus municipais e acatada pelo Ministério Público do Estado. Cabe a Justiça agora decidir se promoverá ou não uma investigação sobre o caso.

“Uma cidade que não tem metrô tem que ter no mínimo ônibus confortáveis e uma frota adequada para o número de passageiros da nossa cidade”, reforçou Barreto.

Barreto disse ainda que pretende reduzir o número de comissionadas da cidade em até 50% e aumentar o efetivo da Guarda Civil Municipal com a contratação de 300 novos membros.

Como vereador, Barreto foi autor da lei que proíbe os pancadões com aplicação de multa em até R$ 4 mil. O vereador, que por muito tempo residiu no Jardim Fortaleza, afirmou que faslta espaços de lazer nas periferias, mas que é preciso respeitar os espaços do moradores da região, que muitas vezes não conseguem nem mesmo sair de casa para socorrer um filho ou parente por conta dos carros estacionados nas ruas.

Na Saúde, Barreto afirmou que o hospital de campanha no Cecap, criado para combater a pandemia na cidade, não rendeu frutos após o encerramento de suas atividades, e ressaltou ter sido um dos defensores de que este investimento tivesse sido feito no Hospital Pimentas Bonsucesso.

O candidato disse ainda que por meio de uma lei do Governo Federal é possível aumentar o tempo de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade sem necessariamente onerar os cofres municipais, já que o dinheiro seria repassado pelo Ministério da Saúde.

Estas e outras propostas de Barreto podem ser vistas na entrevista feita ao GRU Diário. Para acessar, basta clicar aqui.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE