fbpx
PUBLICIDADE

Mulher é presa com droga em preservativos ocultos no sutiã; outras quatro foram detidas

Foto: Divulgação/PF
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

As ações foram realizadas pela PF e Receita no Aeroporto de Guarulhos entre os dias 9 e 10 de agosto

A Polícia Federal, em ações distintas realizadas no Aeroporto Internacional de Guarulhos entre quarta (9) e quinta-feira (10), prendeu cinco mulheres tentando embarcar com droga fixada ao corpo e dentro das malas de viagem. A ação contou com o apoio da Receita Federal.

Na noite desta quarta-feira (9) foram presas quatro pessoas. Uma mulher, da Guiana, e que viajaria para os Emirados Árabes Unidos, foi flagrada por policiais federais que atuam no controle migratório, com nove preservativos contendo quase dois quilos de cocaína diluída, ocultos em seu sutiã.

Em outra ação, realizada por servidores da Receita com o auxílio de cães farejadores, foi identificada uma mala contendo material orgânico suspeito. A passageira, uma brasileira de 25 anos, foi conduzida à PF e presa em razão do transporte de 12 kg de maconha. Ela desembarcou de voo proveniente de Manaus, no Amazonas.

Nesse mesmo dia, policiais federais flagraram duas mulheres paraguaias que chegaram ao aeroporto por via terrestre, a partir do Paraná, transportando, cada uma, quase dois quilos de cocaína fixadas às suas coxas. Elas pretendiam levar a droga para a Espanha.

A última ação, esta realizada na madrugada de hoje (10), resultou na prisão de uma mulher, nacional da Nigéria e comi Registro Nacional de Migrante (RNM), em razão da tentativa de embarcar em voo para o Catar transportando mais de um quilo de cocaína, ocultos dentro de casaco e nas estruturas de sua mala de viagem

Os suspeitos serão apresentados à Justiça Federal, afirma a PF.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM