fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Metrô vai desapropriar McDonald’s, agência do Santander e posto de gasolina na Paulo Faccini

restaurante Mc'Donalds no cruzamento da avenida Paulo Faccini com a avenida Tiradentes
Foto: Google Street View
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Local vai abrigar Estação Bosque Maia

A vinda do Metrô para Guarulhos vai trazer mudanças significativas na avenida Paulo Faccini, no cruzamento com a avenida Tiradentes, no Centro. O decreto 68.552/2024, assinado pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), prevê a desapropriação do restaurante McDonald’s, da agência do Santander e de um posto de gaslina para implantação da Estação Bosque Maia.

As despesas da desapropriação serão bancadas pelo Metrô, que está autorizado a iniciar os processos judiciais de desapropriação e ocupação temporária. Os responsáveis pelos imóveis atingidos não se pronunciaram.

A Linha 19-Celeste será totalmente subterrânea. Em toda a sua extensão, a obra deve causar a retirada de cerca de 400 lotes, sendo que pode haver reassentamento em imóveis de moradia. A área desapropriada em Guarulhos será de 57 mil metros quadrados.

O trajeto entre as estações Bosque Maia e Anhangabaú será feito em 29 minutos. É possível que haja integração, em uma segunda etapa do projeto, com a Linha 13-Jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que ligará o Aeroporto Internacional de Guarulhos à Estação da Luz.

A expectativa é de que quase 700 mil passageiros utilizem a linha diariamente. As desapropriações devem acontecer até 2025. Já as obras estão previstas para acontecer entre 2025 e 2030.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM