PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Marqueteiro de Lula e Maluf, Duda Mendonça morre aos 77 anos

Duda Mendonça
Foto: Reprodução/TV Globo
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Profissional ganhou projeção ao eleger Maluf prefeito de São Paulo e alçar Lula pela primeira vez à presidência do País

O marqueteiro político baiano Duda Mendonça, de 77 anos, faleceu nesta segunda-feira (16), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele estava internado para tratar um câncer no cérebro e fazia quimioterapia.

Duda ficou famoso por reconstruir a imagem de Paulo Maluf ao fazê-lo vencer a eleição de 1992 para a Prefeitura de São Paulo.

Com a vitória de Maluf, Mendonça ganhou projeção nacional e se tornou um nome de peso no meio do marketing político.

Em 2002, com o slogan “Lulinha, Paz e Amor”, levou o metalúrgico de São Bernardo para a sua primeira vitória na disputa pela Presidência do País e se tornou ainda mais procurado por políticos em campanha.

Embora tenha tido uma trajetória de sucesso neste meio, o marqueteiro também foi alvo de escândalos e prisões.

Em 2005, ele foi citado no caso do Mensalão e declarou ter recebido mais de R$ 10 milhões via Caixa 2. Um ano antes já havia sido preso em uma operação da Polícia Federal que investigava rinhas de galo em um sítio no Rio de Janeiro.

Em 2016 se tornou alvo da Operação Lava-Jato sobre suspeita de ter aberto uma off-shore para receber por serviços de campanha ao PT por meio de um regime tributário diferente. Em 2017, assinou uma delação premiada que segue sob sigilo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE