fbpx
PUBLICIDADE

Maior colégio eleitoral de Guarulhos registra filas, boca de urna e sujeira

Foto: Wellington Alves
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Escola estadual do Presidente Dutra possui 9.025 eleitores

Os eleitores da Escola Estadual Professora Zilda Romeira P. M. da Silva, no Jardim Presidente Dutra, encontram filas em algumas salas de votação na manhã deste domingo (15), no primeiro turno das eleições municipais. O local possui 23 sessões eleitorais que recebem 9.025 eleitores, o que o torna o maior colégio eleitoral de Guarulhos.

Nos arredores da escola, candidatos e assessores abordam eleitores, pedem voto e entregam santinhos. As ruas também estão sujas com vários santinhos que foram jogados no chão durante a madrugada de hoje.

Apesar das filas, a votação tem sido rápida. Os eleitores limpam as mãos com álcool em gel, assinam a lista de presença, votam e higienizam as mãos novamente.

O aposentado Francisco Miguel, 72 anos, votou às 8h20. “Vim para não ter problemas com a Justiça Eleitoral, porque o voto é obrigatório”, reclamou o idoso, que não sabia que o voto não é obrigatório para pessoas com mais de 70 anos no Brasil. Ao ser informado disso pelo repórter, ele ponderou que é importante votar em bons candidatos.

De acordo com o diretor da escola, Ari Pedro dos Santos, houve uma preparação intensa dos funcionários para a eleição, principalmente pela preocupação da vinda de muitos eleitores na pandemia. “Tivemos várias reuniões no cartório para conseguirmos ter uma eleição segura, do ponto de vista da saúde”, explicou.

Santos reconheceu que o problema das filas ocorre em algumas sessões e é inevitável diante do alto número de eleitores do local. Por outro lado, ele ponderou que a sensação é que, neste ano, há menor ocorrência de boca de urna e sujeira nas ruas. “Nas outras eleições a situação era pior.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM