fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Lula e Alckmin se encontram com evangélicos em São Gonçalo (RJ)

Foto: Ricardo Stuckert
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

No ato foi lida a carta da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o vice Geraldo Alckmin (PSB) se encontraram com evangélicos nesta sexta-feira (9), em São Gonçalo, no Rio de Janeiro.

Lula afirma que “é muito importante discutir sobre o futuro do Brasil com pessoas que tem fé, que acreditam no nosso país e sabem que a verdade vencerá”.

“Eu aprendi que o Estado não deve ter religião, não deve ter igreja, deve garantir o funcionamento da igreja”, disse durante o discurso. 

Sobre as fake news propagadas nas redes sociais de que fecharia as igrejas, o ex-presidente afirma tratou as religiões com liberdade nos seus dois mandatos.

“Eu sei as mentiras que contam a meu respeito. Mas eu posso olhar na cara de qualquer pessoa e afirmar que nunca houve um presidente que tratasse as religiões com a liberdade e democracia que eu tratei”, disse. 

O ato ainda contou com a leitura de uma carta da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito a Lula e apresentação de jingle gospel. Após discursar, uma das pastoras presentes no evento fez uma oração coletiva.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM