fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Leitor denuncia abandono de obra de canalização de córrego no Ponte Alta

canalização de córrego parada
Foto: Enviada pelo leito
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Segundo Prefeitura, empresa contratada não cumpriu contrato e uma nova licitação terá de ser realizada

Morador da Ponte Alta, o leitor Marcos Roberto Lopes Ferreira, desempregado, entrou em contato com a reportagem do GRU Diário para questionar a Prefeitura sobre a demora na realização da obra de canalização do córrego Guaraçau, afluente do Rio Baquirivu.

Conforme imagem enviada pelo leitor, uma placa com os informativos de um investimento de R$ 2,3 milhões e prazo de cinco meses foi colocada no local, mas a região continua a sofrer com enchentes decorrentes do transbordo do afluente e da canalização não concluída.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura para questionar sobre a realização da obra. Em nota, a gestão do prefeito Guti (PSD) informou que “a empresa vencedora da licitação não cumpriu o prazo para execução da obra em questão. Por isso, o contrato foi rescindido e uma nova licitação será realizada”.

A empresa em questão é a Teto Construtora Ltda. A reportagem não conseguiu contato com a empresa, mas o espaço segue aberto para uma eventual manifestação. A Prefeitura afirmou ainda que vai tomar medidas jurídicas cabíveis contra a empresa.

Sobre o prazo para conclusão da obra, a gestão municipal afirmou que prepara uma nova licitação.

Para o leitor, o problema persiste sem solução:

“Passamos por problemas com enchentes em épocas de chuvas, como a que está se aproximando. Que Deus nos proteja, porque se tivermos que esperar por alguma ação dessa gestão de prevenção a enchentes, esquece. Eu, em particular, estou desesperado.
Só lembram da gente em época de eleição”
, afirmou Marcos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM