PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Justiça mantém prisão de policial que feriu cinco pessoas a tiros em balada no Cocaia

Foto: Reprodução/Google Street View
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Crime ocorreu na madrugada de terça-feira (10) no Cocaia

A Justiça de São Paulo determinou a prisão preventiva do policial civil que atirou em grupo de frequentadores em uma casa noturna na avenida Brigadeiro Faria Lima, no Cocaia, na madrugada de terça-feira (10).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O policial identificado como Aléssio Luizi Júnior, de 37 anos, disparou contra cinco pessoas. Três vítimas foram socorridas pelos Bombeiros e pelo Samu, duas encaminhadas ao hospital por outras pessoas que estavam na balada, conhecida como Terraço Bar Club. Uma das pessoas atendidas teve alta hospitalar.

O agente trabalhava como papiloscopista, especialista em impressões digitais, na Delegacia Seccional de Guarulhos.

O atirador foi preso em flagrante no dia do crime e encaminhado para a Corregedoria Geral da Polícia Civil, na capital paulista, que investiga o caso. 

(*Com informações do G1)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE