fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Justiça concede liminar para garantir funcionamento do Metrô em caso de greve 

Metrô
Foto: divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Metroviários se reúnem nesta segunda-feira (14) para definir paralisação

A Justiça do Trabalho concedeu liminar para garantir o funcionamento do Metrô caso o Sindicato dos Metroviários promova greve nesta terça-feira (15). A decisão judicial determina o funcionamento de 70% dos serviços nos horários de pico (6h às 9h e 16h às 19h) e 30% nos demais horários, sob pena de multa diária de R$ 100 mil ao Sindicato se ela não for cumprida.

A decisão é da desembargadora Ivani Contini Bramante, que atendeu parcialmente a pedido do Metrô. A entidade pedia manutenção integral dos serviços e multa de R$ 500 mil por dia durante a paralisação.

A ordem também estabelece que oficiais de justiça irão comparecer ao Centro de Controle de Operações, na Liberdade, na Rua Vergueiro, 1200, para verificação do cumprimento da decisão.

Os trabalhadores protestam contra o plano do governo do Estado para terceirizar a manutenção da Linha-15 e privatizar linhas do Metrô e da CPTM.

Os metroviários têm assembleia marcada na sede do sindicato, nesta segunda-feira (14), às 18h30, para definir se haverá ou não greve. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM