PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Jovem guarulhense é preso na Ilha do Mel após espancar morador até a morte

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Morador da Ilha do Mel, Reinaldo Valentim, foi espancado até a morte (Foto: Reprodução/redes sociais)

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Vítima tinha 49 anos e era muito querida na comunidade 

Um jovem de 19 anos, morador de Guarulhos, foi preso em flagrante após espancar Reinaldo Valentim, de 49, na noite de domingo (27), no litoral do Paraná. O crime ocorreu na Praia das Encantadas, na Ilha do Mel, em Paranaguá. A Justiça de Paranaguá decretou a prisão preventiva do suspeito nesta segunda-feira (28). Ele ficará detido na cadeia da cidade. 

Segundo informações do portal “Agora Litoral”, Nado Valentim, como era conhecido, foi agredido com chutes e socos. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe médica, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A vítima era deficiente mental e uma pessoa querida na comunidade, de uma família tradicional da região. 

Agentes da Guarda Civil Municipal do Paraná prenderam o suspeito em flagrante. Ele estava com a camisa manchada de sangue e confessou ter agredido Nado Valentim, sem dizer o motivo. Testemunhas afirmam que o agressor estaria sob efeito de álcool e drogas. O suspeito saiu de Guarulhos em uma excursão até a Ilha do Mel e estava hospedado em um camping com amigos.

O corpo de Nado foi sepultado na tarde desta segunda (28) no Cemitério Nossa Senhora do Carmo, em Paranaguá. 

Nas redes sociais, moradores da Ilha do Mel e turistas ficaram indignados e comovidos com a morte de Nado Valentim. “Que dó!!! Que indignação!!? Há mais de 35 anos frequento a Ilha e conheço este rapaz… Sempre gentil e amigável!!! Mas que brutalidade, meu Deus!!!!”, escreveu uma seguidora. “Muito triste isso. Não fazia mal a ninguém”, afirmou outra seguidora.

“Muito triste, sou turista da ilha do Mel e amigo da família Valentim, Nado era uma pessoa maravilhosa muito simples, como disse sua sobrinha: ‘uma criança no corpo de um homem’”, escreveu um turista. “Sem acreditar ainda nessa maldade que fizeram para nosso querido Nado”.  

A Polícia Civil do Paraná informou, por meio de nota, que o suspeito foi preso em flagrante e transferido para a Cadeia Pública de Paranaguá. Como o crime ocorreu no Paraná, o mesmo deve ficar custodiado neste estado.”

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE