fbpx
PUBLICIDADE

IPTU congelado desde 2017 garante economia de um ano de imposto a guarulhenses

Foto: Diego Secco/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Benefício é concedido apenas para os contribuintes adimplentes

O guarulhense que paga seu IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em dia já economizou, desde 2017, ano em que a atual administração assumiu, o equivalente a um ano inteiro desse tributo. A Prefeitura não reajustou o IPTU dos adimplentes nos últimos anos, o que permanecerá para 2023 e 2024.

O cálculo citado é feito com base na inflação do país nos últimos seis anos. Para um IPTU de R$ 1.000 no começo de 2017, a economia total do guarulhense é de R$ 1.015 na soma dos últimos seis anos. Para um imposto de R$ 500, a economia é de R$ 507,50. Já para um IPTU de R$ 2.000, a economia é de R$ 2.030. Ou seja, o valor que o morador de Guarulhos deixou de gastar com esse benefício da Prefeitura se mantém, proporcionalmente, não importa o valor que pague de imposto. Isso significa que, em sete anos, o guarulhense pagará o equivalente a seis IPTUs.

Com o congelamento do IPTU, o valor economizado pelo munícipe em 2024 aumentará ainda mais, e vale lembrar que, mesmo com o benefício, a Prefeitura viu sua dívida cair de R$ 7,4 bilhões no início de 2017 para cerca de R$ 1,8 bilhão atualmente.

Dessa forma, a arrecadação menor com o IPTU não implicou o aumento do endividamento da cidade, tampouco impediu que avanços importantes sejam concretizados, como as obras de macrodrenagem do rio Baquirivu, o avanço no tratamento de esgoto, a construção do Hospital Infantojuvenil de Guarulhos e o andamento do projeto do metrô, entre outras obras que transformarão radicalmente a paisagem urbana e a qualidade de vida do guarulhense.

Os carnês do IPTU 2023 começam a ser entregues nos próximos dias com vencimento no final de cada mês. A cota única, com desconto de 10%, poderá ser paga até a data do vencimento da primeira parcela. Por sua vez, a segunda via do IPTU poderá ser obtida pelo link, no ícone “2ª Via de Tributos”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM