PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Hotelaria de Guarulhos se adapta e tem ocupação maior do que SP na pandemia

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Luís Sodre/Visite GRU

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Expectativa é que setor volte à normalidade no segundo semestre de 2021

Os hotéis de Guarulhos conseguiram se adaptar às normas sanitárias e servem de modelo para o Brasil. Enquanto a hotelaria paulistana patina com 20% de ocupação, a rede guarulhense bateu 56% de hospedagem em novembro. E a perspectiva é que esse índice suba até a retomada plena do setor, no segundo semestre do próximo ano.

De acordo com o diretor-executivo do Visite GRU, Danilo Ramalho, os hotéis de Guarulhos foram beneficiados pelo Aeroporto Internacional, que permaneceu aberto. “Mesmo na época mais dura da pandemia, em março e abril, ainda tivemos 17% de ocupação. Muitos pilotos e funcionários das empresas aéreas dormiam na cidade”, contou.

No Hotel Marriott, no Parque Cecap, por exemplo, os hóspedes são servidos pelos funcionários e ficam separados por barreiras de acrílico, justamente para manter o distanciamento social. É uma maneira de proteger turistas e trabalhadores. O local recebeu a Seleção Brasileira de futebol em setembro. “A comissão técnica e os reservas até utilizaram a academia para treinar”, contou uma funcionária.

Desafios

Além da plena retomada do setor hoteleiro, o Visite GRU aposta em opções para os turistas ficarem mais tempo em Guarulhos. Muitos se hospedam na cidade pela proximidade com o aeroporto, mas passam a maior parte do tempo em São Paulo.

“Começamos a trabalhar no projeto de um Boulevard na rua Dom Pedro, no Centro de Guarulhos, na frente da matriz. Infelizmente, por causa da pandemia, o projeto parou”, contou Ramalho. A proposta, que custa R$ 60 mil, será bancada pela iniciativa privada.

Com a crise econômica, ocasionada pelo coronavírus, o projeto de requalificação do Centro de Guarulhos ficou parado. Quando a pandemia passar, com a plena vacinação da população, Ramalho acredita que a proposta pode trazer um novo público para a cidade. “Não podemos esperar apenas o poder público”, avalia.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE