PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Homem que aplicava golpes em famílias de desaparecidos é preso em Guarulhos

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Arquivo/Agência Brasil

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Suspeito fingia ser o sequestrador e enganou cerca de 40 pessoas

Um homem de 25 anos foi preso em Guarulhos, nesta terça-feira (12), suspeito de aplicar golpes em famílias que procuravam por parentes desaparecidos. O homem foi encontrado na rua Salgado Filho, em Guarulhos, e capturado por meio de mandado de prisão temporária. Ele confessou aos policiais que tentou extorquir cerca de 40 famílias de desaparecidos.

Segundo informações da Record TV, o criminoso fazia buscas pelas redes sociais com a palavra ‘desaparecido’. Então, entrava em contato com a família pelo telefone divulgado na publicação informando que havia sequestrado o parente.

A ação foi deflagrada por agentes da 1ª Delegacia Antissequestro do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), que chegaram até o acusado, ao apurar o sequestro de um operário. De acordo com a Polícia Civil, em 23 de dezembro, a mulher de um homem desaparecido começou a receber mensagens.

Por meio de um aplicativo de mensagens, o suposto sequestrador exigia R$ 2,5 mil para liberar a vítima, mas no decorrer das investigações, as equipes verificaram que a vítima não estava em cativeiro. Segundo apurado, ele saiu de casa para trabalhar e, aparentemente, sofreu um acidente ao cair de uma pedreira. O corpo foi encontrado no dia seguinte, 24.

Os policiais descobriram que as extorsões foram realizadas por um homem que identificava as vítimas por meio de pesquisa nas redes sociais – ele admitiu que entrou em contato com mais de 40 famílias de desaparecidos.

Os policiais apuraram ainda que ele extorquiu dinheiro de um casal de Pernambuco, cujo filho estava desaparecido e voltou para casa posteriormente. O acusado já era foragido da Justiça de Alagoas, onde tinha prisão preventiva decretada por tráfico de drogas e organização criminosa.

A polícia vai solicitar a quebra do sigilo telefônico e bancário para descobrir o número de vítimas roubadas pelo golpista e vai investigar se ele atuava em outros estados. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE