fbpx
PUBLICIDADE

Haddad promete manter programas bem-sucedidos do Estado

Haddad no Roda Viva
Foto: Diogo Zacarias
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Petista apresentou propostas e defendeu uma reforma tributária mais justa

O candidato ao Governo de São Paulo, Fernando Haddad (PT), participou do programa Roda Viva, da TV Cultura, nessa segunda-feira (17) e garantiu que, assim como no MEC (Ministério da Educação) e na Prefeitura de São Paulo, irá manter os programas que tem dado certo em São Paulo, “sem partidarismos”.

“Não cai em São Paulo de paraquedas. Estou animado e vou trabalhar para ganhar”, lembrando que tem a seu lado dois ex-governadores, Geraldo Alckmin e Márcio França, ambos do PSB, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Estava prevista a participação de Tarcisio de Freitas que também cancelou a ida, como fez nos debates do SBT e Record.

Haddad também defendeu uma reforma tributária mais justa. “Aquele Celtinha que muitos têm na garagem, por exemplo, paga 4% de IPVA em São Paulo enquanto sujeitos com iate e jato particular não pagam nada”.

Para Haddad, privatizar a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de São Paulo), como seu adversário defende, vai na contramão do que países europeus têm feito: reestatizar a água. “Ele vende a Sabesp, agrada o mercado, investe o dinheiro recebido sem cuidado nenhum, posa de bom gestor e aí, durante os próximos 20 anos, quem paga conta da água é o povo”, comentou.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM