fbpx
PUBLICIDADE

Guti sanciona reajuste salarial de 2% para todos os servidores públicos municipais

Greve dos servidores x Praça Getúlio Vargas, Pedro Zanotti_Easy-Resize.com (1)
Foto: Stap
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Apesar da taxa de reajuste ser baixa, Prefeitura afirma que aumento chega a ser de 40% para diversos servidores por conta de benefícios

O prefeito Guti (PSD) sancionou o reajuste de 2% para todos os servidores públicos municipais, conforme publicado no Diário Oficial de terça-feira (19).

Inicialmente, o Stap (Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal) e a categoria cobravam um reajuste de 25% para todos os servidores. Após uma movimentação e o início de uma grave, os funcionários públicos reduziram o pedido para 23%.

Segundo a categoria, o pedido de 23% visava reparar um período de dois anos sem reajuste por conta de uma lei federal para contenção de gastos durante a pandemia.

“É impossível num momento quase pós-pandemia que a gente consiga dar um aumento de 23%. A economia está totalmente afetada. É impossível”, disse o prefeito durante evento realizado no Ciesp, no dia 29 de março, no Jardim Leila.

Na Justiça, a Prefeitura conseguiu uma liminar para reduzir o impacto da greve, tanto que trabalhadores da educação e da saúde foram proibidos de participar do ato.

Com a aprovação do reajuste de 2% pela categoria e a sanção do prefeito ainda há um abono de R$ 120 concedidos para trabalhadores que ganham até R$ 2.655,06. Os valores pagos de auxílio-alimentação e vale-refeição também tiveram um aumento de R$ 520 para R$ 1000.

Segundo a Prefeitura, estes benefícios permitem que alguns servidores tenham um aumento de até 40% em sua renda.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM