Guti reafirma quarentena e não seguirá orientações de discurso de Bolsonaro

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Márcio Lino/PMG

O prefeito Guti (PSB) reafirmou, em live realizada nesta quarta-feira, 25, que a quarentena por conta do risco de contaminação do Covid-19 na cidade de Guarulhos, que determinou o fechamento de comércios por 30 dias, será mantida.

Assim como diversos prefeitos da Grande São Paulo, Guti decidiu não seguir as orientações dadas pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) em discurso em rede nacional, que pediu o fim da quarentena e a volta às aulas. Guti sequer citou Bolsonaro em sua live.

“Guarulhos continua com a sua posição de isolamento social e se Deus permitir, se as pessoas ajudarem, fazerem a sua parte, a gente quer acabar com isso o mais rápido possível, mas por enquanto o isolamento social continua, é o nosso pacto pela vida”, disse o prefeito.

Segundo Guti, não se trata de uma posição política. Na tarde de hoje, entidade empresariais, entre elas a Associação Comercial e Empresarial (ACE), protocolaram um pedido para que os comércios da cidade fossem reabertos. O prefeito argumentou que diferente de outros países o Brasil ainda vai entrar no ápice da contaminação.

“Seria temerário se a gente abrisse as coisas e os nossos idosos começam a morrer”, disse o prefeito.

O prefeito ressaltou que segue as orientações da Organização Mundial da Saúde e que “nenhum líder que está recomendando isolamento social tirou da cartola, tem diversos especialistas falando que esse ainda é o melhor remédio”.

Guarulhos tem seis óbitos com causa mortis suspeitas de coronavírus, uma morte confirmada pelo Governo do Estado, 12 casos confirmados e 817 casos suspeitos da doença.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Comentários...

Veja também...

- PUBLICIDADE -