PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Guti prorroga teletrabalho dos servidores; Martello determina retorno presencial

Foto: Reprodução/Facebook/Guti
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Orientações são diferentes para os servidores da Prefeitura e os da Câmara Municipal

O prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), prorrogou até 30 de setembro a possibilidade de teletrabalho para os servidores municipais, conforme decreto publicado no Diário Oficial do município, na sexta-feira (3).

A opção é garantida para portadores de doenças crônicas, idosos a partir dos 60 anos e gestantes. Além disso, a gestão municipal obriga que os funcionários apresentem o comprovante de vacinação. Os que não estiverem imunizados precisam de laudo médico, que será avaliado por uma junta da Prefeitura.

No mesmo Diário Oficial consta ato de mesa assinado pelo presidente da Câmara Municipal, Fausto Miguel Martello (PDT), que determina o retorno presencial dos servidores a partir de quarta-feira (8). No Legislativo, o teletrabalho somente será permitido para as gestantes.

Martello também obriga os funcionários a apresentarem o comprovante de vacinação. Os que se negarem a fazê-lo podem ter os contratos de trabalho suspensos.

O presidente da Câmara liberou os servidores, que tenham restrições médicas confirmadas por laudos, a seguirem afastados.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE