fbpx
PUBLICIDADE

Guti exalta avanço de parcerias em sua gestão à frente do Condemat

Guti - Condemat
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Prefeito de Guarulhos será substituído por Caio Cunha, de Mogi das Cruzes, que toma posse no dia 2 de janeiro

Atual presidente do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê), o prefeito Guti (PSD) fez um balanço das ações e projetos desenvolvidos ao longo de sua gestão em 2022, com destaque para o avanço de parcerias com a iniciativa privada, órgãos públicos e entidades.

Guti assumiu a presidência tendo como uma das metas impulsionar a retomada econômica pós-pandemia na região. Um dos principais projetos desenvolvidos ao longo do ano foi a publicação do Caderno de Negócios, que traz um perfil econômico da região e dos municípios com o objetivo de atrair investimentos.

“O Caderno de Negócios foi pensado para funcionar como um guia de como chegar nas cidades e de que maneira investir em cada uma delas. Este projeto faz com que o Condemat seja um facilitador de agendas positivas para que os industriais, investidores e comerciantes tenham vontade de investir, gerar emprego e renda para que a nossa região se desenvolva”, destacou.

Ainda para dar transparência à administração e buscar a desburocratização e celeridade de processos, Guti foi responsável pela contratação de escritório jurídico profissional, especializado em consórcios públicos.

A aproximação com o Governo do Estado e o atendimento às demandas do Condemat também foram pontuadas pelo presidente Guti, que citou como a principal delas a abertura do Hospital das Clínicas de Suzano como referência de média e alta complexidade para a região. A expectativa é de que o Hospital Regional do Alto Tietê comece a funcionar a partir de 2023.

“O apoio do Estado é fundamental para os municípios e nossa representatividade enquanto consórcio garantiu várias conquistas para a região neste ano, com um volume de investimentos acima de R$647,8 milhões em obras e serviços”, disse o presidente, que também citou simplificação do processo de regularização das propriedades para uso de água no cultivo agrícola da região, medida reivindicada pelo Condemat ao Governo do Estado desde 2020 com apoio dos sindicatos rurais.

Guti deixa a presidência a partir de 2023, quando o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode) toma posse ao lado da nova diretoria eleita no dia 21 de dezembro.

A cerimônia de posse está marcada para o dia 2, às 16h, no auditório do edifício Helbor Corporate, em Mogi das Cruzes.

A ampliação do consórcio, que a partir de 2023 terá o ingresso dos municípios de Igaratá e Mairiporã, também foi uma das metas estabelecidas da atual gestão com foco no aumento da representatividade perante os órgãos estaduais e federais, assim como a possibilidade de compra compartilhada entre os municípios, cujo processo ocorreu na gestão de Guti e que será executada no próximo ano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM