fbpx
PUBLICIDADE

Guti envia à Camara lei que mantém IPTU congelado até 2024

Foto: Diego Secco/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Projeto garante congelamento do tributo até o fim do segundo mandato do prefeito Guti

Em live realizado em suas redes sociais na tarde desta sexta-feira (12), o prefeito Guti (PSD) afirmou que enviou à Câmara projeto de lei que mantém o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) congelado até 2024, último ano de seu segundo mandato.

Guti congelou o IPTU desde o primeiro ano de seu primeiro mandato, em 2017. O congelamento foi uma das principais promessas de sua campanha. Segundo Guti, o projeto deve ser votado pela Câmara já na próxima semana.

Na live, Guti afirmou que se o reajuste acontecesse o valor do IPTU, com base no IPCA (Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo), subiria em mais de 10%.

“O IPTU não vai ter ceorração nenhuma, nem inflacionária. Na prática, o que você pagava em 2016 é o que você vai pagar agora. Se pagar a vista ainda tem 10% de desconto”, disse o prefeito.

De acordo com o prefeito, além da promessa de campanha, os quase dois anos de pandemia também pesaram para que o governo municipal mantivesse o congelamento do tributo.

O prefeito ainda exemplificou que, se os reajustes tivessem feitos nos últimos anos, uma pessoas que pagava R$ 1 mil de IPTU estaria hoje com um tributo de mais de R$ 1,6 mil ao ano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM