fbpx
PUBLICIDADE

Guarulhos tem 17 casos suspeitos de coronavírus, afirma Condemat

Freepik
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Levantamento do Condemat (Consórcio dos Municípios do Alto Tietê) aponta Guarulhos como a cidade da região com mais notificações de casos suspeitos de coronavírus. Até a tarde desta quinta-feira, 12, foram 23 casos suspeitos, sendo que seis já foram descartados. Ainda há 17 pacientes que aguardam os resultados dos exames feitos no Instituto Adolf Lutz.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, há 46 casos confirmados de coronavírus no território paulista, sendo 44 na cidade de São Paulo, um em Santana do Parnaíba e outro em Ferraz de Vasconcelos. No final de fevereiro, o Governo do Estado divulgou que Guarulhos tinha dois casos suspeitos do vírus, mas ambos foram descartados. Depois, a gestão João Doria decidiu divulgar apenas os casos confirmados.

Hoje, o presidente da Câmara Municipal, vereador Professor Jesus, publicou portaria em que restringe o acesso ao Legislativo guarulhense. Enquanto a pandemia do coronavírus continuar, a população não poderá acompanhar as sessões na Casa de Leis. Durante os trabalhos, apenas podem ficar no plenário os 34 vereadores, um assessor de cada parlamentar e um jornalista de cada veículo de comunicação.

Em entrevista no Palácio dos Bandeirantes, nesta quinta-feira (12), o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo, o infectologista David Uip, afirmou que pessoas a partir dos 60 anos, com comorbidades (hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, neoplasias), devem evitar aglomerações, o que inclui utilizar Metrô ou ônibus lotados. Por ora, ele descarta cancelar eventos públicos ou suspender aulas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM