PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Guarulhos tem 17 casos suspeitos de coronavírus, afirma Condemat

Freepik
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Levantamento do Condemat (Consórcio dos Municípios do Alto Tietê) aponta Guarulhos como a cidade da região com mais notificações de casos suspeitos de coronavírus. Até a tarde desta quinta-feira, 12, foram 23 casos suspeitos, sendo que seis já foram descartados. Ainda há 17 pacientes que aguardam os resultados dos exames feitos no Instituto Adolf Lutz.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, há 46 casos confirmados de coronavírus no território paulista, sendo 44 na cidade de São Paulo, um em Santana do Parnaíba e outro em Ferraz de Vasconcelos. No final de fevereiro, o Governo do Estado divulgou que Guarulhos tinha dois casos suspeitos do vírus, mas ambos foram descartados. Depois, a gestão João Doria decidiu divulgar apenas os casos confirmados.

Hoje, o presidente da Câmara Municipal, vereador Professor Jesus, publicou portaria em que restringe o acesso ao Legislativo guarulhense. Enquanto a pandemia do coronavírus continuar, a população não poderá acompanhar as sessões na Casa de Leis. Durante os trabalhos, apenas podem ficar no plenário os 34 vereadores, um assessor de cada parlamentar e um jornalista de cada veículo de comunicação.

Em entrevista no Palácio dos Bandeirantes, nesta quinta-feira (12), o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo, o infectologista David Uip, afirmou que pessoas a partir dos 60 anos, com comorbidades (hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, neoplasias), devem evitar aglomerações, o que inclui utilizar Metrô ou ônibus lotados. Por ora, ele descarta cancelar eventos públicos ou suspender aulas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE