fbpx
PUBLICIDADE

Guarulhos resgatou 245 animais silvestres em risco, feridos e fora do habitat

Foto: Divulgação/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Números são de 2022 e foram contabilizados pela Inspetoria Ambiental da Guarda Civil Municipal

A Inspetoria Ambiental da Guarda Civil Municipal resgatou 245 animais silvestres feridos ou que corriam risco de morte perdidos em áreas urbanas da cidade ao longo deste ano. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (23) pela Prefeitura de Guarulhos.

Do total de animais resgatados, 115 são atendimentos de aves machucadas, a maior parte por colisões em estruturas, cortes por linhas de pipa revestidas com substâncias cortantes ou choques em fios elétricos. Foram contabilizadas também 81 ocorrências sobre mamíferos fora de seus habitats naturais e 49 sobre répteis, a maioria cobras, que foram a razão de 24 operações.

“Os números preocupam os agentes, que chamam a atenção da população à crise na preservação das espécies, uma vez que mesmo após o resgate e cuidados veterinários, nem todos os bichos sobrevivem aos ferimentos. Um dos causadores da migração dos animais para áreas urbanas são as intervenções humanas em áreas verdes, que forçam muitas espécies a fugirem em busca de sobrevivência. Dentre os maiores perigos à fauna estão as queimadas, crime ambiental de acordo com o artigo 54 da lei federal 9.605/1998, que destroem inclusive as fontes de alimentação de diversos animais”, diz comunicado da prefeitura.

Denúncias

A GCM Ambiental pode ser comunicada sobre a necessidade de resgates e denúncias sobre crimes ambientais por meio do telefone 153, que opera 24 horas, todos os dias da semana.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM