PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Guarulhos passa a contar com unidade do Bom Prato Móvel

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Equipamento passa a operar na cidade na próxima segunda-feira

O governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta quarta-feira (16), a destinação de uma unidade do Bom Prato Móvel em Guarulhos, com foco em atender as pessoas mais vulneráveis. Outros 19 unidades serão implementadas. Um piloto do programa móvel teve início em dezembro do ano passado, na região de Perus.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Essa é uma iniciativa inédita do Governo de São Paulo para o melhor programa de alimentação popular do Brasil. Os caminhões do Bom Prato vão levar comida com alta qualidade, com proteína, carne, vegetais e frutas para a população periférica do estado por R$ 1 por refeição”, disse Doria.

Os caminhões do tipo VUC vão atender regiões da capital, Osasco, Ribeirão Pires, Guarulhos, Campinas, Várzea Paulista e Ferraz de Vasconcelos, com operação a ser implantada gradativamente, sendo que as unidades de Perus e Santo Amaro (que atende o Grajaú, na zona Sul da capital) já estão em operação.

Em Guarulhos, o Bom Prato Móvel começa a funcionar na próxima segunda-feira (21). A seleção dos locais levou em conta a densidade populacional, vulnerabilidade social e a distância das unidades fixas. As refeições serão preparadas e embaladas nos restaurantes fixos sob supervisão de uma equipe de nutricionistas.

O transporte dos alimentos é feito em caixas hotbox para garantir a segurança sanitária e a temperatura das refeições, e o preço unitário das refeições é de R$ 1, mesmo valor das refeições em todos os restaurantes do programa.

Prorrogação de gratuidade

O governador também anunciou a prorrogação da gratuidade de refeições do Bom Prato às pessoas que estão em situação de rua até 31 de julho deste ano. Para receber a refeição gratuita é preciso ter um cartão, cadastrado pela prefeitura. Os cartões são entregues apenas para pessoa adulta.

Até o momento, foram disponibilizados 24,8 mil cartões aos municípios. Desde o início da crise sanitária de COVID-19, o programa serviu 65 milhões de refeições, sendo que 1,4 milhão foram gratuitas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE