PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Guarulhos não vai priorizar a Pfizer como dose de reforço

Foto: Wellington Alves
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Cidade vai seguir o plano proposto pela gestão Doria

Diferentemente da capital paulista, que anunciou que vai priorizar as vacinas contra a covid-19 da Pfizer como dose de reforço a partir de 15 de setembro, a Prefeitura de Guarulhos vai seguir as recomendações do Governo do Estado de São Paulo.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, a gestão do governador João Doria (PSDB) vai disponibilizar a vacina Coronavac para os idosos a partir dos 90 anos. “Guarulhos irá administrar a vacina ofertada pelo Estado. Até o momento a dose de reforço disponibilizada é a Coronavac”, informou.

De acordo com a Fundação Seade, 2.724 guarulhenses a partir dos 90 anos vão receber a dose de reforço. O Ministério da Saúde definiu que a terceira dose será destinada a imunossuprimidos e idosos a partir dos 70 anos, com os imunizantes da Pfizer.

Já o Governo do Estado, com suporte do Comitê Científico, definiu que vai contemplar os idosos a partir dos 60 anos e vai aplicar também a Coronavac. A medida não teve, até o momento, aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE