PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Guarulhense Rebeca Andrade brilha como porta-bandeira do Brasil

Foto: Miriam Jeske/COB
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Ginasta participa da cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos

Principal nome brasileiro nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão, a ginasta guarulhense Rebeca Andrade foi a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento, no Estádio Olímpico de Tóquio, neste domingo (8).

Rebeca ganhou a medalha de prata no individual geral da ginástica artística feminina, além do ouro no salto. Ela ainda ficou em quinto lugar no solo ao som de “Baile de Favela”, do MC João.

Em depoimento à TV Globo, Rebeca falou da alegria de representar a delegação brasileira. “Eu estou muito feliz. Me sinto honrada. Diante de todos os atletas eu fui escolhida. É um sonho.”

A ginasta foi a primeira pessoa nascida em Guarulhos a garantir uma medalha olímpica. Além dela, ontem (7), os jogadores Claudinho e Gabriel Martinelli conseguiram o ouro no futebol masculino na final contra a Espanha, por 2 a 1.

Por conta da pandemia do coronavírus, o número de selecionados para a festa foi reduzido. Pelo Brasil, além de Rebeca, o boxeador Hebert Conceição, medalhista de ouro, Bira, funcionário mais antigo do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) Francisco Porath, treinador da Rebeca, a médica Ana Corte e o vice-chefe da missão brasileira em Tóquio, Sebastian Pereira.

As Olimpíadas retornam em Paris, na França, entre julho e agosto de 2024.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE