fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Guarulhense de 19 anos é campeão mundial em jogo eletrônico Osu!mania

Marcio Campeão
Foto: Arquivo Pessoal
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Marcio, de codinome LeMarcinho, integrou o time que venceu o campeonato mundial de Osu!mania

O Brasil conquistou, no dia 19 de setembro, pela segunda vez, o título mundial no campeonato mundial de Osu!mania (osu!mania4k world cup 2021) e o guarulhense Marcio Angilis de Mello Júnior, 19 anos, de apelido virtual LeMarcinho, está entre os integrantes da equipe que subiu no pódio.

O jogo tem uma dinâmica similar ao Guitar Hero e àquelas máquinas de dança na qual você deve acertar o comando exato no momento em que ele alcança o final ou o começo da tela, como você pode ver no vídeo abaixo feito pelo Marcio, morador da Vila Galvão.

Em entrevista ao GRU Diário, Marcio contou que começou a jogar o Osu!Mania há 3 anos e que sua principal motivação era estar entre os melhores, assim como alguns de seus amigos, e o resultado da competição não poderia ser melhor.

“Eu não poderia ter pedido um final melhor. Ganhando ou perdendo seria uma experiência incrível. Eu acho que para qualquer pessoa que joga em um torneio mundial representando seu país deve ser um orgulho ou uma conquista a ser alcançada”, comentou Marcio.

Marcio participou das qualificatórias em junho, quando soube que três membros da equipe oficial não participariam e precisariam ser substituídos. Depois de ser escolhido para integrar a equipe, o foco se tornou treinar e conseguir conciliar os estudos.

A paixão pelos games é uma influência do pai e o jovem contou que gosta de jogos de estilos variados, seja de terror, como Silent Hill, ou de aventura, como Crash Bandicoot, mas foi a mãe, Adriana Andrade Mello, 48 anos, quem manteve o filho focado nos treinos e nos estudos.

De acordo com ela, desde que Marcio começou a jogar ela fez com que ele conciliasse o tempo com os estudos e concluísse o ensino médio, o curso de inglês, curso de jogos digitais e ainda entrasse na faculdade.

Segundo Adriana, Marcio tinha algumas metas para cumprir e se elas não fossem alcançadas a casa poderia ficar sem computador.

“Vou confessar para você, eu fiquei muito feliz, mas até a gente chegar aqui foi muito dificil porque ele precisa de muito treino e a gente precisa cuidar da mente deles, mas ele insistiu e atendeu algumas expectativas minha e conseguiu manter o computador, se ele não tivesse atendido não teria nem computador em casa”, disse Adriana.

Ao GRU Diário, Márcio contou que vai continuar na equipe brasileira de osu!mania e que agora vai atrás do tricampeonato, mas afirmou ser preciso ter o pé no chão e que não se pode abandonar os estudos.

“O cenário de jogar profissionalmente em qualquer jogo é uma aposta bem arriscada. É muito difícil você entrar no profissional principalmente em jogos com grandes gamas de jogadores”, disse Marcio. 

Ao final da entrevista, LeMarcinho pediu para agradecer seus companheiros de equipe:

“Gostaria de agradecer ao s seguintes jogadores do time do Brasil: Nathan Alves, Luiz Fernando, Andrey Carlos, Richard, Guilherme Meziat e Lucas Aragão. Com vocês conseguimos essa vitória juntos”, disse.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM