PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

GRU Airport distribui cestas básicas para famílias carentes da comunidade Malvinas

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Entrega de cestas básicas no Aeroporto
Foto: Eurico Cruz/GRU Diário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Com pandemia, número de pessoas desempregadas e que deixaram aluguel para morar na comunidade cresceu

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos, em Cumbica, iniciou nesta segunda-feira (26) a entrega de mais 200 cestas básicas para famílias da comunidade Malvinas em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia da covid-19.

Desde de abril do ano passado, mais de 50 toneladas de alimentos, itens de limpeza e
de higiene pessoal recolhidos pela concessionária, sendo parte das doações feitas pelos próprios funcionários. Quase 14 mil pessoas foram beneficiadas.

De acordo com a voluntária Aparecida Lourenço, de 62 anos, dos quais 36 foram vividos na comunidade, a ajuda é essencial para ajudar os moradores da Malvinas.

“Meu rei, para quem tá desempregado, mãe que não tem para onde correr, é uma ajuda justa, a gente agradece pelo apoio que tem aqui. Tem muitas famílias dentro do nosso bairro que, além de perder o emprego, perdeu a família por causa da covid-19. Tudo isso mexe mentalmente com as pessoas. Tem tantos casos tristes”, contou Dona Cida, como é conhecida.

Quem recebe o alimento e o kit de higiene pessoal também agradece e reconhece a importância deste tipo de ação social.

“É muito importante para muitas pessoas que não tem uma renda fixa, principalmente para quem tem filhos. Sustentar uma criança já é muito difícil e com esta crise, muitas pessoas desempregadas, passando dificuldade, tem muitas pessoas que não têm de onde tirar o alimento”, desabafou Joyce dos Santos Santana, de 25 anos, casada, desempregada e mãe de três crianças.

Também voluntária no cadastramento das famílias e na fiscalização durante a entrega, Gerci Natalino de Oliveira, de 46 anos, contou que há famílias em que o pai e a mãe ficaram desempregados ao mesmo tempo e com quatro, cinco crianças para cuidar.

“A comunidade também cresceu. Muitas pessoas que não conseguiram mais pagar aluguel também passaram a ocupar novos espaços dentro da comunidade”, disse Gerci.

As entregas foram agendadas nesta segunda-feira e terça-feira (27) para evitar aglomerações e manter o distanciamento social. Além dos alimentos, a GRU Airport também realiza uma palestra com psicólogos sobre saúde mental com as famílias beneficiadas.

“É importante que todo mundo que receba esta cesta assista a palestra sobre saúde mental em tempos de pandemia porque todo mundo está sendo profundamente impactado com os reflexos desta crise, seja de forma financeira ou emocional”, explicou Eduardo Pedro Silva, assessor de comunicação da GRU Airport.

GRU Airport
Da esq. à dir – Gerci, Dona Cida e Thiago (Foto: Eurico Cruz/GRU Diário)

Projeto Afinando

A iniciativa da entrega de cestas básicas faz parte do Projeto Afinando, responsável também por atender crianças e adolescentes da comunidade de forma sócio-educacional, com oficinas de música, informática, reforço de português, inglês, matemática e até para vagas de jovem aprendiz, como contou Thiago Rodrigues, analista de responsabilidade social da GRU Airport.

De acordo com ele, as oficinas estão suspensas e uma nova ONG deverá assumir a gestão deste projeto até maio.

PUBLICIDADE

Previous
Next

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Error: Embedded data could not be displayed.
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM