fbpx
PUBLICIDADE

GRU Airport anuncia medidas adotadas após exigência do passaporte da vacina

Foto: Reprodução/Google Maps
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Os protocolos seguem as orientações dos órgãos reguladores no enfrentamento à pandemia, afirma

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, divulgou um comunicado, nesta terça-feira (14), em que afirma adotar os protocolos e orientações dos órgãos reguladores para que todos os passageiros possam viajar com tranquilidade. Segundo a GRU Airport, é uma forma de oferecer bem-estar e segurança aos viajantes.

O aumento do número de pessoas imunizadas contra a covid-19 tem permitido que companhias áreas, lojas, restaurantes, transporte por aplicativos e demais serviços retomem as atividades, diz trecho do comunicado.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) iniciou a cobrança do passaporte da vacina, nesta segunda-feira (13), nos aeroportos do Brasil após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, determinou a obrigatoriedade do passaporte da vacina para os passageiros que ingressarem no país.

Documentação exigida para viagens

Para os passageiros que pretendem viajar para outros países, a recomendação é que além da companhia aérea, também seja consultado um órgão fiscalizador ou o site oficial do país de destino. A verificação da documentação exigida é realizada pela companhia aérea e pela Anvisa, órgão responsável por emitir os protocolos sanitários no Aeroporto de Guarulhos. 

Para informações sobre a documentação necessária para viagens com crianças (acompanhadas ou desacompanhadas) e embarque em voos nacionais, a GRU Airport orienta aos passageiros que entrem em contato com a companhia aérea que realizará o voo. 

Horário de chegada

Para destino nacionais ou internacionais, orienta-se consultar previamente a companhia aérea que realizará o voo para verificar o horário ideal de chegada no aeroporto para realizar a conferência de documentos, check-in e despacho de bagagens. Caso o voo seja para destinos nacionais, recomenda-se chegar ao aeroporto com pelo menos uma hora e meia de antecedência. Já para voos com rotas internacionais, a orientação é chegar 3 horas antes do horário de decolagem do voo. 

Check-In

Para agilizar o processo de embarque, a concessionária recomenda que o check-in seja realizado antecipadamente no site ou no aplicativo da companhia aérea. Será gerado um cartão de embarque digital com todas informações importantes para a viagem. Caso precise de atendimento no balcão da empresa aérea, aguarde na fila e respeite o distanciamento, obedecendo as marcações sinalizadas no chão. 

A respeito das medidas e peso das bagagens de mão e a ser despachada, é necessário consultar a companhia aérea para ter mais informações sobre as regras vigentes. 

Embarque

Para evitar atrasos e locomoções desnecessárias pelo aeroporto, a GRU Airport orienta que os passageiros consultem a companhia aérea para saber em qual Terminal será feito o procedimento de embarque.

O Terminal 1 concentra as operações de voos nacionais da Azul. No Terminal 2 estão as operações dos voos domésticos da Gol, Itapemirim, Latam e Passaredo. Já o Terminal 3 opera os pousos e decolagens das demais empresas internacionais. 

É válido ressaltar que a partir do dia 5 de janeiro de 2022, o Terminal 2 voltará a realizar voos internacionais das seguintes companhias aéreas: Aerolíneas Argentinas, Air Europa, Aeroméxico, Amaszonas, Avianca, Boliviana de Aviación, Ethiopian, Gol, Sky e TAAG.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM