Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Greguss Container traz famoso churrasco grego repaginado

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Divulgação
Error: Embedded data could not be displayed.

Restaurante funciona de quarta-feira a domingo das 18h às 23h

Guarulhos recebeu no dia 07 de agosto o Greguss Container, que traz a reinvenção do clássico churrasco grego, sim, aquele mesmo, o lanche que a gordura escorre pelas mãos e que, geralmente, vem acompanhado de um ou dois copos de suco. A coluna foi convidada para fazer uma degustação das opções e traz aqui um pouco mais sobre a nova casa da cidade.

O restaurante tem a difícil missão de agradar os amantes do prato comumente consumido nas cidades mais movimentadas, onde a rapidez com que é preparado e o preço são os principais atrativos para o trabalhador. Ressalta-se que o sabor também é agradável, mas, por não se saber a procedência das carnes utilizadas e os cuidados higiênicos que são tomados em sua preparação, o típico lanche das metrópoles tem a má fama de ser “sujo”.

Foto: Divulgação

A proposta nasceu na mente de Diego dos Santos, hoje bacharel em Direito, que traz em sua história a ligação com a refeição dos tempos que trabalhava como office boy na capital. “O churrasco grego sempre teve um público fiel, mas a maneira como o lanche era comercializado criou uma fama que fez muita gente não admitir que o amava. Por isso, decidi unir o útil ao agradável: produzir o churrasco grego da maneira correta, com ingredientes de qualidade, e abrir um restaurante para as pessoas se sentirem seguras”, conta.

O Greguss Container traz em seu cardápio cinco novos formatos iniciais, os quais não tiram a essência do prato: a conhecida máquina do churrasco fica exposta, mas protegida por portas de vidro, longe dos poluentes das ruas e do calor do sol. A cozinha fica dentro de um container, por isso do nome. Segundo Santos, mais de vinte opções serão acrescentadas ao cardápio ao longo do ano, a fim de assegurar novidades para os clientes.

Os preços são acessíveis, o que pontua a casa por manter o principal chamativo mesmo com toques gourmets. O cardápio gira em torno de R$ 15 a R$ 19,90, com lanches em tamanho consideráveis que podem alimentar bem alguém menos faminto. Talvez se a casa trouxesse algo que rememorasse o copo de suco gratuito, houvesse ainda mais ligação com aqueles que veem no prato um pouco de saudosismo.

Um ponto interessante e que deve ser destacado é o incentivo a doação de cupons fiscais para a Casa de David

Churrasco grego goumert: será uma boa pedida?

A casa contou com a assessoria do chef Bruno Caraça, que comemora o 80º restaurante inaugurado. Segundo o profissional, o carro-chefe é o Greguss. “É o típico churrasco grego bovino, com pão ciabatta artesanal, maionese de alho, picles e vinagrete”, explica.

A coluna experimentou todas as opções oferecidas pela casa. O Greguss é a escolha certa para quem busca o clássico das ruas paulistanas, com a diferença de ser bem apresentável e com o pão italiano. Se quiser manter o típico lanche, mas conhecer um pouco mais do lado gourmet, o Zeus pode ser a escolha ideal, pois traz molho à base de iogurte e pepino, e cream cheese. Atente-se, no entanto, para a pimenta jalapenho, pois sua ardência pode não agradar alguns paladares.

Já para quem quer fugir totalmente do padrão, os chamados Poseidon e Hades são boas opções a serem destacadas: o primeiro é feito de pernil suíno, baguete de parmesão artesanal, maionese de mostarda Dijon, cebola roxa e vinagrete. O segundo, é composto por linguiça bragantina, baguete artesanal, maionese de ervas finas defumada, muçarela e vinagrete.

O último – e não menos importante – é o Hera. Opção para quem busca o encontro da pimenta jalapenho com sobrecoxa de frango.

Dos cinco, o que mais agradou a coluna foi o Poseidon pela combinação – e gosto – do pernil e maionese de mostarda Dijon.

Ponto negativo para a pouco oferta de bebidas. Segundo informado à coluna, cervejas artesanais serão agregadas ao cardápio. Por que não sucos naturais?

Funcionamento do Greguss Container

Durante o período de flexibilização, o restaurante funciona de quarta-feira a domingo, das 18h às 23h com opção de frete gratuito para a região central. Há estacionamento conveniado em frente ao restaurante.

O ambiente é agradável, familiar, amplo e aberto. Em breve, serão inaugurados quadra de futebol society, palco para música ao vivo, um local reservado em cima do container e espaço kids.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.