fbpx
PUBLICIDADE

Funkos e action figures: artista guarulhense cria bonecos de pessoas e personagens

Montagem Alê Gomes e bonecos
Foto: Montagem/Arquivo Pessoal
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Alê Gomes já criou figuras de personagens de games, séries, integrantes de bandas, pets, entre outros pedidos

Colecionar bonecos não é mais apenas uma “coisa de criança”. Amantes de games, filmes, séries, animes e até mesmo caricaturas em formatos de bonecos também se tornaram comuns em estantes de escritórios, quartos, salas, entre outros ambientes.

Nem sempre é possível encontrar o personagem desejado ou mesmo algo personalizado, mas há artistas que conseguem replicar, criar ou replicar modelos.

Quando começou a fazer bonecos em meados de 1998, o artista plástico guarulhense Alexandre Gomes Ribeiro, hoje com 38 anos, contou que não conseguia conciliar o hobby com os empregos formais, afinal, o tempo era corrido e o tempo para fazer uma peça simples acabava demorando mais que o esperado.

Gato vira funko
Pets também estão entre os pedidos recebidos pelo artista plástico (Foto: Arquivo Pessoal)

Durante a pandemia, com mais tempo em casa, ele retomou a arte de fazer bonecos e viu uma demanda no segmento crescer. Vocalista da banda guarulhense Reboco, Alê, como é conhecido pelos amigos, recebe constantes pedidos de bonecos de músicos, mas também recebe pedidos de bonecos modelo Funko (bonecos pequenos com a cabeça grande e quadrada com bordas arredondadas que se tornaram febre no mundo todo).

“Quando eu voltei a modelar eu estava fazendo sem pretenção. Minha vontade era fazer alguns pra mim mesmo porque fazia muito tempo que eu não modelava e quis aproveitar que estava em casa e fazer algumas esculturas e eventualmente voltar a vender. Depois que postei este boneco do Scorpion (personagem do Mortal Kombat), meus antigos clientes e uma boa galera começaram a me perguntar se eu estava aceitando encomenda”, contou Alê.

Leo Gamer
Léo, o gamer que virou funko nas mãos do Alê (Foto: Arquivo Pessoal)

O artista e músico decidiu então repaginar a página Monster Land, pela qual recebe pedidos. Ele fez um logo ao estilo funko com a sua própria imagem, o que fez, “sem querer”, com que algumas pessoas entendessem que esse era o principal modelo do produto.

“Tenho encomendas de diversos pedidos como heróis, personagens de filme/séries, animes, mas ultimamente o que estão me pedindo bastante, talvez pelo meu círculo de amizades seria esculturas personalizadas da própria pessoa tocando seu instrumento, guitarristas são os que mais saem, e os famosos bonecos estilo Funko Pop personalizado, e na grande maioria no caso dos Funkos são para presentear alguém, surpresa boa para sair do comum!!”, explicou.

Jack Boney e Dimebag
Jack Boney e Dimebag (Pantera) Foto: Arquivo Pessoal

Ele contou que foca nas vendas on-line e que não pensa em abrir uma loja física no momento. O material utilizado para a modelagem é o biscuit, mas ele também utiliza primer de base para dar um melhor acabamento. A pintura é feita com tinta PVA e verniz fosco e brilhante para acabamento.

Funkos e action figures: artista guarulhense cria bonecos de pessoas e personagens
O Justiceiro e Harry Potter (Foto: Montagem/Arquivo Pessoal)

Questionado pelo GRU Diário sobre qual o modelo de boneco mais difícil de se fazer, Alê afirmou que considera, não o mais difícil, mas sim trabalhoso, uma rainha Alien de mais ou menos um metro de comprimento, projeto pessoal que está parado há algum tempo.

Ele contou que nunca participou de um concurso de criação de bonecos, mas nã descarta esta possibilidade para divulgação de seu trabalho.

Alê também contou a reportagem que tem diversos artistas deste meio que o inspiram, mas que ultimamente tem procurado inspiração em artistas mais próximos.

“Prefiro me inspirar em pessoas que estão também na luta e vem conquistando seu espaço com humildade e muito trabalho! Posso citar dois exemplos: o artista plástico Júnior Lopes. Ele faz de tudo um pouco e tem seu forte na aerografia. Me deu vários toques na parte da pintura. E o artista do sul Raphael Damasceno, escultor profissional com o qual venho falando muito ultimamente e me dá várias dicas de como evoluir meu trabalho”, contou o artista guarulhense.

Funkos personalizados
Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM