fbpx
PUBLICIDADE

Funcionários de terceirizada do Correios no aeroporto fazem protesto por pagamento

Protesto GO2B
Foto: reprodução/enviada por leitor
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Trabalhadores da GO2B estão sem pagamento de salários e benefícios há uma semana

Funcionários da empresa GO2B, terceirizada que presta serviços para os Correios no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, realizam um protesto na empresa, nesta sexta-feira (11), por conta da falta de pagamento e de benefícios.

Os trabalhadores afirmam que os salários já estão atrasados há uma semana e que nem o vale-transporte foi pago aos funcionários.

“Tem gente que está sem ter o que comer em casa e não temos nenhuma previsão de pagamento. Sem o vale-transporte tem funcionário que nem conseguiu vir trabalhar”, afirmou um trabalhador ao portal GRU Diário.

Após a manifestação, os funcionários da empresa foram informados por colaboradores de cargos de liderança e gestão que o problema ocorre por conta da falta de pagamento dos Correios para a empresa.

A reportagem não conseguiu contato com a empresa até o momento, mas o espaço segue aberto para manifestação.

O atraso do pagamento aos funcionários também acontece em outros polos de atuação da GO2B, como em Cajamar e Jaguaré.

Em um texto publicado em seu site, o SINTECT/SP afirma estar agindo incisivamente em resposta a essa crise, “exigindo que a empresa terceirizada Go2B e os Correios como contratante dessa empresa, tome medidas imediatas para regularizar os pagamentos atrasados”.

“Além disso, esse episódio lamentável ressalta mais uma vez a urgente necessidade de concurso público como uma forma de garantir estabilidade e justiça para os trabalhadores, bem como a eficácia do sistema de entregas dos Correios”, diz o texto do sindicato.

Outro lado

“Como agentes públicos socialmente responsáveis, os Correios pagam em dia suas empregadas e seus empregados, bem como as empresas contratadas. No caso em questão, assim que tiveram conhecimento do fato, os Correios iniciaram tratativas com a empresa terceirizada, que regularizou na data de hoje o pagamento a todos os seus funcionários”, afirma os Correios, por meio de nota.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM