fbpx
PUBLICIDADE

Forças de segurança vão agir para dispersar aglomerações na cidade

Foto: Divulgação/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

A Prefeitura de Guarulhos institui um grupo formado pela Guarda Civil Municipal (GCM) e as polícias civil, militar e rodoviária para realizar ações de contenção da contaminação do novo coronavírus (Covid-19), que deverá agir inclusive para dispersar aglomerações em pontos da cidade.

Um dos pontos de atenção será o Lago dos Patos, na Vila Galvão, onde guarulhenses já reclamaram que há o descumprimento da quarentena.

Equipes fixas e móveis das corporações estarão no local e deverão atuar para de evitar grupos de pessoas e prestar esclarecimentos sobre medidas de prevenção e isolamento social necessárias para se evitar o contágio pela doença.

Viaturas equipadas com mensagens sonoras vão circular a cidade e passar por praças públicas e outros pontos de atenção para reforçar a necessidade de cumprir o isolamento e sair apenas para uma necessidade essencial.

Nesta sexta-feira, ocorreu uma fiscalização em comércios dos Pimentas, Jardim São João e Taboão, entre outros bairros da região, para inibir aglomerações em bares e estabelecimentos comerciais que foram alvo de denúncias nos mais distantes bairros da cidade.

A fiscalização cobra o cumprimento do decreto municipal que determina que qualquer estabelecimento comercial não essencial que estiver aberto terá suas atividades suspensas, sendo passível de multa e até perda da licença de funcionamento.

A Central de Atendimento da GCM recebeu mais de 200 reclamações por aglomerações. A maioria das denúncias foi feita por moradores das regiões do Cabuçu, Recreio São Jorge, Jardim São João, Bonsucesso e Pimentas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM