fbpx
PUBLICIDADE

Flow Podcast demite Monark após apologia ao nazismo e apaga episódio

Foto: Reprodução
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Programa contou com a participação da deputada Tabata Amaral (PSB) e Kim Kataguiri (Podemos)

O youtuber Bruno Aiub, conhecido como Monark, foi demitido do Flow Podcast após defender a existência de um partido nazista durante o programa exibido nesta segunda-feira (7) nas plataformas de música e transmitido pelo YouTube.

“Reforçamos o nosso comprometimento com a Democracia e Direitos Humanos, portanto, o episódio 545 foi tirado do ar. Comunicamos também a decisão que a partir deste momento, o youtuber Bruno Aiub @Monark está desligado dos Estúdios Flow”, diz o comunicado divulgado hoje. (leia na íntegra ao final desta matéria)

O episódio contou com a participação da deputada federal Tabata Amaral (PSB) e do deputado federal Kim Kataguiri (Podemos), e teve como uma das temáticas a liberdade de expressão. Os dois foram criticados pela participação no Flow: Tabata por não ter se retirado do programa mesmo rebatendo a fala de Monark; e Kim por considerar que a Alemanha errou ao ter criminalizado o partido nazista.

“A esquerda radical tem muito mais espaço do que a direita radical, na minha opinião. As duas tinham que ter espaço. Eu sou mais louco que todos vocês. Eu acho que o nazista tinha que ter o partido nazista, reconhecido pela lei”, disse Monark.

O vídeo foi retirado do ar, mas há trechos que foram compartilhados nas redes sociais após a repercussão que gerou indignação dos internautas, das marcas e da comunidade judaica.

A Conib (Confederação Israelita do Brasil) publicou uma nota de repúdio contra a declaração do apresentador, assim como a Federação Israelita do Estado de São Paulo.

Veja trecho da entrevista:

Monark chegou a publicar um vídeo afirmando que “estava bêbado” durante a gravação do episódio e pediu desculpa. Veja vídeo:

Os deputados federais Tabata Amaral e Kim Kataguiri também se pronunciaram pelas redes sociais.

Alguns convidados que já participaram do podcast como a apresentadora Gabriela Prioli, da CNN Brasil, Lucas Silveira, da banda Fresno, Tico Santta Cruz, do Detonautas, Sidoka, Lito Sousa, do Aviões e Músicas, e Iberê Thenório, do Manual do Mundo, pediram que as entrevistas sejam retiradas do ar.

Posicionamento das marcas

Apos a repercussão negativa do programa, marcas de diversos segmentos que patrocinam ou já patrocinaram o Flow Podcast se manifestaram e declararam repúdio à fala de Monark. O programa perder patrocínios.

Leia a nota sobre o desligamento na íntegra:

Flow Podcast demite Monark após apologia ao nazismo e apaga episódio

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM